INFORMAÇÃO ÚTIL À COMUNIDADE ACADÊMICA

Publicado em: 22 de julho de 2016 por Pró-Reitoria de Administração

Diante dos diversos incidentes relacionados com questões de segurança, a Pró-Reitoria de Administração – PRA tem recomendado às Direções Setoriais que orientem suas respectivas comunidades quanto a procedimentos como: (1) Registro de Boletins de Ocorrência; e, (2) comunicação ao serviço de vigilância patrimonial para que façam o registro no Relatório de Ocorrência Operacional – RO, que é encaminhado à PRA (e a PRA encaminha à Polícia Militar do Paraná, órgão responsável pela Segurança Pública).

Além disso, sempre que se detectar a presença de pessoas estranhas no interior dos espaços da Universidade, dirija-se a algum funcionário e denuncie o fato, solicitando providências (como chamar a Polícia, por exemplo).

Lembre sempre que segurança pessoal são ações preventivas, que tem como objetivo proteger o indivíduo no seu dia a dia. Na universidade, no trabalho, em casa, ou qualquer outro lugar.

Devemos considerar que o Estado sozinho não é capaz de garantir a segurança de todos, por isso a segurança pessoal é uma alternativa muito importante. Vale ressaltar que qualquer medida adotada pelos órgãos de Segurança só terá pleno êxito se todas as pessoas colaborarem. Ou seja, é imprescindível você ter consciência da importância do seu comportamento para evitar delitos e, efetivamente, mudar atitudes.

Nada é 100% garantido quando o assunto é Segurança. 90% dela está na prevenção, por isso muitas das ações estão concentradas nesse ponto. Os outros 10% estão distribuídos entre a reação e a sorte.

Nos links abaixo você encontra:

– Relação dos Conselhos de Segurança – CONSEG, mais próximos dos campi da UFPR;

– Seis Dicas de Segurança Pessoal para o dia a dia; e,

Dicas Úteis de Segurança.

 

 


Notícia Relevante sobre contratos da empresa HABITUAL

Publicado em: 20 de julho de 2016 por Pró-Reitoria de Administração

Aos funcionários da empresa Habitual que prestam serviços na UFPR, COMUNICAMOS que em audiência realizada na Justiça do Trabalho (hoje – 20/07/16), ficou decidido que a empresa deve encaminhar, ainda hoje as planilhas com a folha de pagamento aos respectivos sindicatos (SITRO e SIEMACO), pois o Juizado encaminhará, também hoje, os valores depositados em juízo desde o dia 08/07/16, para que os pagamentos sejam efetuados aos trabalhadores.

Em virtude dos tempos demandados para as transferências bancárias, o recurso financeiro estará disponível aos trabalhadores somente na próxima semana.

Contudo, já ficou definido que os salários de julho também deverão ser pagos pelos respectivos sindicatos e a UFPR encaminhará os valores já direcionados para as Varas Federais específicas ( 21a . e 16a.), de forma que não ocorram atrasos em agosto.


COMUNICADO EM RELAÇÃO AOS CONTRATOS COM A EMPRESA HABITUAL

Publicado em: 19 de julho de 2016 por Pró-Reitoria de Administração

Tendo em vista comentários de que os funcionários terceirizados não receberam seus salários por falta de pagamento pela UFPR, o que não representa verdade, nos dirigimos aos funcionários terceirizados contratados pela empresa HABITUAL (recepcionistas, portaria e motoristas), no sentido de esclarecer alguns aspectos importantes.

1) A UFPR tem dois contratos com a empresa em questão, um contrato que abriga os postos de portaria e recepção, e outro contrato que abriga os motoristas. No contrato n° 50/2015 são 189 funcionários prestando serviços de Portaria, Vigia e Recepção. No contrato n° 01/2013 são 69 funcionários prestando serviços de motorista;

2) Os salários desses funcionários encontram-se em atraso desde o último dia 07/07/2016, pelo fato da empresa Habitual não ter procedido os pagamentos, uma vez que os respectivos sindicatos dos trabalhadores, impetraram medida cautelar junto à Justiça do Trabalho solicitando a retenção dos recursos financeiros destinados à empresa;

3) No dia 08/07/2016, atendendo a uma ordem judicial, a UFPR depositou em juízo o valor de R$ 807.637,14 (oitocentos e sete mil, seiscentos e trinta e sete reais e quatorze centavos), destinados ao pagamento de tais salários;

4) Na última sexta-feira (15/07/16), a Procuradoria Federal na UFPR apresentou um requerimento à Justiça do Trabalho solicitando que as ações judiciais que tramitavam em Varas distintas na Justiça do Trabalho fossem unificadas em uma única ação para maior celeridade dos processos e, ainda, solicitou a liberação imediata dos recursos depositados para que os respectivos sindicatos providenciassem os pagamentos dos salários aos trabalhadores.

Por fim, cabe esclarecer que a UFPR está envidando todos os esforços possíveis para que a situação seja normalizada no menor período de tempo possível, uma vez que os trabalhadores não devem ser prejudicados por problemas que não lhes competem.

A preocupação da Administração da UFPR foi, é e continuará sendo com o bem-estar das pessoas. Serão tomadas todas as providências cabíveis, uma vez que a questão foi judicializada (pelos sindicatos), para que seja resolvida no menor tempo possível.

Para as próximas semanas, serão rompidos os contratos com a empresa em questão, sendo que já está em fase final a contratação emergencial de nova(s) empresa(s) para tais contratos.


« Notícias mais antigas